quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Quinta de cinema # 3

Em comemoração ao aniversário de Jane Austen, sem dúvida uma das melhores escritoras, o Coffie & Movies realizou o Mês Austen e pra participar resolvi fazer a última Quinta de cinema falando de um filme baseado em uma de suas obras e possivelmente a mais famosa delas: Orgulho e Preconceito.

Inglaterra, 1797. As cinco irmãs Bennet - Elizabeth (Keira Knightley), Jane (Rosamund Pike), Lydia (Jena Malone), Mary (Talulah Riley) e Kitty (Carey Mulligan) - foram criadas por uma mãe (Brenda Blethyn) que tinha fixação em lhes encontrar maridos que garantissem seu futuro. Porém Elizabeth deseja ter uma vida mais ampla do que apenas se dedicar ao marido, sendo apoiada pelo pai (Donald Sutherland). Quando o sr. Bingley (Simon Woods), um solteiro rico, passa a morar em uma mansão vizinha, as irmãs logo ficam agitadas. Jane logo parece que conquistará o coração do novo vizinho, enquanto que Elizabeth conhece o bonito e esnobe sr. Darcy (Matthew Macfadyen). Os encontros entre Elizabeth e Darcy passam a ser cada vez mais constantes, apesar deles sempre discutirem.

Esse é um daqueles filmes que posso assistir um milhão de vezes e não me canso. Ok, eu adoro filmes de época, confesso! rsr

A história de Lizzie Bennet e Mr. Darcy já é bastante conhecida, mas nem todos conhecem a fundo, então....Lizzie é uma das filhas do casal Bennet, a de temperamento mais forte sem dúvida. Ela tem mais 4 irmãs, mas somente Jane (a mais velha) consegue ser sua amiga.

A mãe das meninas tem o sonho de casar as filhas logo e com rapazes bem ricos e para tal faz muitas loucuras. Jane se apaixona por um jovem rico - Charles Bingley -, mas a família dele não aceita o romance e os separa antes que algo aconteça de verdade. Já Lizzie toma aversão a primeira vista ao melhor amigo dele - Mr Darcy.

Darcy também não gosta de Lizzie de cara, mas logo o mesmo comportamento impulsivo que não lhe agradava começa a atraí-lo e ele se vê apaixonado pela jovem. Só que a mesma irmã de Bingley que impediu o romance de Jane com é apaixonada por Darcy e decide que deve afastá-lo de Lizzie. Mas muita água passa por baixo da ponte antes que tudo esteja resolvido.

A atuação de Keira como Elizabeth é perfeita. Quando li o livro eu imaginava Lizzie dessa forma e isso foi um ponto muito positivo na minha opinião. Pra ser sincera eu gostei da atuação de quase todos nesse filme.

A história no filme é relativamente diferente do livro, até mesmo em cenas importantes que foram feitas de modo diferente, mas concordo que há casos complicados, afinal existiam cenas no original de Austen que para serem reproduzidas nas telas demoraria um tempo excessivo e poderia cansar ao espectador. Um exemplo é a cena final, em que todo o acerto do casal foi feito tão rápido que me entristeceu, pois eu, como uma romântica assumida, vibrava cada vez que lia essa parte (é romântica e fofa demais...).

Acredito que o que mais senti falta foi a transformação de ódio em amor de Lizzie por Mr. Darcy (adoro!!). No livro essa mudança é bastante sutil, vai acontecendo com o tempo e com as descobertas e no filme acontece de forma muito rápida. Era algo possível de adaptar.

Mas apesar dessas diferenças que eu não gostei (ok, sou exigente, não precisa dizer kkk) esse é um dos únicos filmes baseados em livros que eu amo. Não sei se é só por causa da história que acho perfeita, mas não consigo me irritar com essa versão de Orgulho e Preconceito.











Essa postagem participa do Mês Austen:



11 comentários:

Adriana Brazil disse...

Ah Amanda... já vi esse filme,
amei, me apaixonei!!
Ele é muito fofo, a história, o enredo, os diálogos então?! Muito bem escrito, adorei esse filme e recomendo!
Lindo!!

bjus

Luciana Mara disse...

Ei Amanda!
Por mais que eles modifiquem as adaptações não há como não se apaixonar pelo Mr. Darcy do filme.
Já até perdi as contas que quantas vezes já vi...
Bjins
ps.: Suspirava enquanto escrevia este comentário =)

Amanda disse...

Gente eu amo a Jane Austen né...ela foi demais!!

Hey Lu, tbm suspiro por Darcy. Nossa quando li o livro a primeira vez me apaixonei por ele S2

Bjs

Michele Mourão disse...

Quero muito ler JA.

bjao e felix 2011

Caue1507 disse...

tenho a sensação de q jah vi esse filme, mas não tenho certeza... mas pelas fotos eu consigo lembrar de alguma coisa embora não lembre nada da historia do filme^^'

--
hangover at 16

Karlinha disse...

Jane austen é diva mesmo guria. Que bom que você viu o filmes!
É muito lindo mesmo né?

Bjokas,
Obrigada pela participação no mês austen.
Ótimo post.

Kellen Baesso disse...

Já vi o filme, faz muito tempo.
Estou com o livro em casa, quero ler em breve!
Beijo

Entre Fatos & Livros disse...

Nunca assisti e nem li J.A!
Estou por fora! =S

Pri
Entre Fatos & Livros

Aline disse...

Vi Orgulho e Preconceito semana passada, mas ainda não li o livro.
Amei o filme e vai um dos livros que vou ler esse ano com certeza.

Amanda disse...

Pessoal quem ainda não leu o livro, leia logo, é bom demais...sou suspeita pra falar porque amo Jane, mas esse livro é demais!!

Karlinha eu não podia deixar de participar né rsr.

Daniela Borges disse...

Ei Amanda!

Em primeiro lugar quero parabeniza-la pelo blog, que de cara amei, visto que sou viciada em livros desde meus primeiros anos. Em segundo lugar, amei de paixão esse filme e tinha lido o livro anteriormente, então também pude comparar. Realmente senti falta de alguns detalhes que poderiam ter sido expostos, mas o resultado final foi muito bom.
Amo Jane Austen, já li a maioria de seus livros e tento acompanhar as adaptações cinematográficas também.
Então, depois desse livro que escrevi, desejo boa leitura e um abração!