terça-feira, 2 de novembro de 2010

A mediadora - A terra das sombras

Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos eles então é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente nova-iorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe: ela conversa com mortos. Suzannah é uma mediadora, em termos místicos, uma pessoa cuja missão é ajudar almas penadas a descansar em paz. Um dom nada bem-vindo e que a deixa em apuros com mãe e professores. Como convencê-los da inocência nas travessuras provocadas por assombrações? Com muito humor, neste primeiro volume da série A Mediadora, Meg Cabot nos apresenta a vida desta mediadora que tem certa ojeriza a prédios antigos: quanto mais velho um edifício, maiores as probabilidades de alguém ter morrido dentro dele. Filha de um pai-fantasma nada ausente e uma nova família, que inclui um pai adotivo e três irmãos postiços, a história começa com a mudança de Suzannah para uma casa mal-assombrada na ensolarada Califórnia. Só que Jesse não é um espírito qualquer, é um fantasma bonitão que nada faz para assustá-la, muito pelo contrário.

Suzannah Simon é uma adolescente só um pouquinho diferente das outras. Por fora, ela parece quase normal, talvez levemente revoltada, usando tantas roupas pretas e botas de montaria, principalmente em sua nova cidade onde todo mundo usa bege, pela descrição dela todos ficam meio sem cor (peraí, to me desviando do assunto...).

Então,... mas a grande diferença é que Suze consegue falar com os mortos. Ah, bem não só falar, mas ver e tocar também. Os fantasmas não a atravessam como aos outros. E sabe o motivo disso? Suze é mediadora, tipo uma pessoa que tem a função de ajudar os mortos a verem a luz (isso me lembrou um filme lindoo...mas deixa pra lá!). Ela tem que entender o motivo dele ainda estarem na Terra e fazer com que tenham paz. Só que os métodos de Suze são, bem, digamos diferentes!

Mas sério, imagina você estar em um lugar e de repente 'Buuu...' surge um fantasma na sua frente, querendo falar contigo e bem, como ninguém mais o vê, se você falar fica parecendo maluca, e claro, eles não tão nem aí pra isso. Dá pra entender porque a mãe tinha colocado ela no psicanalista né. E ainda por cima, é um trabalho não remunerado!!

Bem, a história começa quando Suze está se mudando de New York para Califórnia, pois sua mãe se casou de novo depois da morte do seu pai (ah, ela vê o fantasma dele..) Ela agora tem três irmãos postiços, mas isso não é seu maior problema, a casa que vai morar e a escola onde vai estudar são bem antigas, ou seja, alta probabilidade de fantasmas.

Na escola ela encontra o fantasma de uma ex-aluna que se matou e agora quer levar o namorado junto. E olha, ela tentou mesmo, com vontade! Mas Suze também conhece outro mediador, o padre diretor da escola.

Em casa, mais especificamente no seu quarto, ela conhece um fantasma bonitão, moreno, tudo de bom e com mais de 100 anos. O nome do gatinho é Jesse, e ele não quer falar o que ainda faz na Terra...

Primeiro Suze tenta se livrar dele, mas depois que ele salva a vida dela, 2 vezes, ela acaba se encantando com Jesse e não querendo que ele vá embora. E mais, ela começa a se apaixonar por ele (gnte, é estranho, mas até eu me apaixonava!!!)

Aiiiii, os amores impossíveis....

Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record


7 comentários:

★★ GIZA ★★ disse...

OLA
ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
ME FAÇA UMA VISITA. FALO MUITO DE livros tb
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

Amanda disse...

Puxa Giza, fico muito feliz que tenha gostado do blog. Pode deixar que passo no seu sim, com prazer.

Sempre que quiser volta aqui, ficarei muito feliz!

bjs

Vanessa M. disse...

Adoooooooooro! As capas de A mediadora são as mais lindas que eu ja vi, sou louca por elas!!*------*
Pena que seja um tanto carinho né $.$'
Anyway, adorei a resenha *-*

Vanessa M. disse...

Adoooooooooro! As capas de A mediadora são as mais lindas que eu ja vi, sou louca por elas!!*------*
Pena que seja um tanto carinho né $.$'
Anyway, adorei a resenha *-*

Amanda disse...

São lindas mesmo... mas se você pesquisar bem você acaba achando as vezes mais baratinho rsrs

Obrigada!

Karla Ribeiro disse...

Eu amo essa série, uma das minhas preferidas.

Amanda disse...

Nossa Karla, também amei...só li até o segundo, mas estou louca pra ler o resto